Pets Veganos : escolha ou imposição?
By estabulo On 24 out, 2012 At 09:52 PM | Categorized As Notícias, Outros, Pelo leitor, Textos | With 1 Comment
Com o aumento da preocupação com o bem-estar animal, cresce o número de vegetarianos e, com eles, a sugestão de dietas veganas para pets. 
 
 

É notória a preocupação cada vez maior com o bem estar animal e as diferentes formas de manifestação de opinião a respeito dos sistemas de produção. Todos nós temos o direito de interpretar da forma que acharmos mais conveniente, de acordo com nossos princípios e valores, as diferentes formas de utilização dos animais pelo homem.

É interessante ver como as pessoas têm argumentos favoráveis e desfavoráveis para diversas questões, sobretudo a respeito da produção de alimentos. As discussões são necessárias e importantes para que novas opiniões sejam formadas, para que novas ideias e conceitos surjam, e para que o próprio sistema de produção animal evolua de forma positiva, e, sendo otimista, para que um dia seja moldado de forma a atender a todas essas opiniões de forma satisfatória.

Aí está uma das vantagens do ser humano: poder pensar, refletir, discutir, formar opiniões. Nós temos a capacidade de agir além do que o instinto nos oferece, nós fazemos escolhas mais complexas do que aquelas feitas por animais. Nossas escolhas são baseadas em nossa visão de mundo, construída a partir daquilo que aprendemos, absorvemos e vivenciamos ao longo de nossas vidas. Por isso mesmo há tantas divergências a respeito da produção animal, por exemplo, e como devemos nos portar em relação a ela.

Sabemos que o número de vegetarianos vem aumentando, e inclusive entre eles há diferentes opiniões. Tomando-os como um único grupo, sabemos que o ponto em comum e que pode resumir seu conceito principal é que a opção de parar de consumir carne ou até produtos derivados de animais foi a escolha mais sensata para demonstrar a insatisfação e não concordância com diversas atitudes e procedimentos tidos como inadequados dentro dos sistemas de produção animal.

Posso estar errada, mas acredito que a maioria dos vegetarianos tomou essa posição por julgar que as práticas de bem estar animal na produção estão ainda muito aquém da que eles acreditam, e não simplesmente pelo ato direto e isolado de comer carne. A questão aqui é que se o crescimento populacional de humanos não tivesse sido tão grande e com consequente demanda exagerada e proporcional por produtos animais, não teríamos a necessidade de criar sistemas de produção tão extensos e tão preocupados, em primeira instância, com a quantidade dos produtos, e talvez não existissem tantas falhas que desagradam aqueles preocupados com a qualidade de vida dos animais. Tudo evoluiu de uma forma que o aumento desenfreado acabou passando por cima daquilo que se começou a pensar recentemente, o bem estar animal.

O ato de comer carne e produtos derivados dos animais não seria, então, de todo errado se fosse garantida a completa qualidade de vida e bem estar para eles. O ponto é que, enquanto isso não ocorre, algumas pessoas optam por não consumir. Mas às vezes nossas escolhas pessoais podem ser extrapoladas para outros seres que estão a nossa volta, interferindo em seus hábitos de forma direta. Começou-se a pensar em dietas veganas para os nossos pets. Essa é uma questão bastante complexa, e que de certa forma impõe opiniões pessoais sobre as preferências de outros seres, que diferente de nós, não possuem a capacidade de refletir sobre questões polêmicas para tomarem decisões.

Seria conveniente, então, impor para um ser, que tem suas atitudes ainda bastante dotadas por seu próprio instinto, o tipo de alimento que ele deve consumir? Alguém, nesse momento, pode estar pensando que, na verdade, já fazemos isso desde a domesticação até o fornecimento das rações industrializadas. Mas o ponto aqui vai além, incluindo questões morais e valores individuais formados a partir de questões complexas como dito anteriormente.

Seria adequado adaptar a dieta de um animal para que ele consuma apenas produtos que não são originários de outros animais, de forma que ele aja, então, de acordo com a opinião e valores de seu dono vegano? Não seria como impor a seu filho que ele faça o mesmo que você, já que você julga sua opinião mais sensata? Não, não seria como impor ao filho… Afinal, o filho ainda teria a oportunidade de refletir sobre o assunto e formar argumentos para discussão. O cão e o gato, infelizmente, não tem essa oportunidade. Algo a se pensar.

Para quem quiser saber mais:

http://www.anda.jor.br/wp-content/themes/anda2012/downloads/livro-caes-veganos.pdf

Karina Borges – Fubanga 76

Relacionados:


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/danil190/public_html/estabulosp.com.br/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273